...

Cidade do interior de SP recebe convenção de bruxas e magos na sexta-feira 13



Quem morre de medo de sexta-feira 13 deve passar longe da vila de Paranapiacaba, que fica perto de Santo André, no estado de São Paulo, neste fim de semana. É que a cidadezinha vai sediar a VIII Convenção de Bruxas e Magos. O evento acontece desde 2004 e promove “todas as formas de expressões ligadas ao misticismo e mundo espiritual, respeitando a adversidade, a história de cada tradição e principalmente, desmistificando o conceito sobre bruxaria”. A expectativa dos organizadores é que, este ano, doze mil pessoas participem da convenção, que conta com uma programação bem intensa.

- Todos os anos fazemos o evento na sexta-feira 13 pela energia que essa data tem. A única superstição que temos em relação a este dia é positiva. O número 13 tem grande poder de transformação e a sua soma, que dá 4, é o número da organização - explica Tania Gori, da Universidade Livre Holística Casa da Bruxa, que fica em Santo André.

A vila de Paranapiacaba foi escolhida em 2004 para sediar os encontros por conta da arquitetura especial.

- A vila é toda construída num estilo londrino do século 16, com suas casas medievas e relógio central. Parece que voltamos à época medieval. Tem uma mística muito bonita - diz Tania.

Tudo começa hoje, sexta-feira 13, às 21h, com uma procissão de velas para “iluminação do caminho, atraindo felicidade e bem estar, por toda Vila de Paranapiacaba”. O encontro continua no sábado e no domingo, com várias atividades que abordam astrologia, kabala, oráculos, magia hermética, bruxaria, cultura grega, nórdica, oriental, cigana, xamã, mistérios do sagrado feminino, numerologia, ervas, anjos e arcanjos, druidismo, vampyrismo, chacras.

Um dos rituais, inclusive, conta com um enorme caldeirão, de três metros de altura, onde é feita uma fogueira com pedaços de madeira.

- Não podemos fazer fogueira na vila, por isso usamos o caldeirão. Lá dentro, as pessoas jogam seus pedidos - diz a idealizadora da convenção.

Na procissão de hoje à noite, que inaugura o encontro, muitos participantes vestem capas pretas, bem ao estilo “Harry Potter”.

- O preto é o símbolo da noite, por isso o pessoal normalmente vai de capa preta - conta Tania.

Para quem acha a data “sinistra”, a bruxa dá uma dica: acender uma vela branca com mel na base e pedir proteção.

- Mas não é preciso ter medo. A sexta-feira 13 é uma data muito boa e nossa missão é desmistificá-la. Não fazemos mal a ninguém.

Tania diz também que não é preciso ser bruxo ou mago para participar.

- É importante lembrar que não tem a ver com mágica, mas sim com uma linha de espiritualidade alternativa.

O ingresso custa R$ 25 e dá direito a quase todas as atividades programas, com exceção da leitura de tarô e dos atendimentos terapêuticos.



Postagens Relacionadas
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »