...

Bugatti faz homenagem a fundador com carro de R$ 7,1 milhões

Legende 'Ettore Bugatti' acelera a 100 km/h em 2,6 segundos.
As 6 versões limitadas serão expostas juntas pela primeira vez.

A Bugatti mostrou nesta quinta-feira (7) o último modelo da série limitada que faz homenagem a ícones na história da marca. Para finalizar as seis versões exclusivas, com apenas três unidades produzidas de cada, a empresa escolheu nada menos que o fundador Ettore Bugatti.
A versão baseada no Veyron 16.4 Grand Sport Vitesse custará 2,35 milhões de euros sem impostos (cerca de R$ 7,1 milhões na cotação de hoje). O esportivo é equipado com motor W16 de 8 litros, que desenvolve 1.200 cavalos e acelera a 100 km/h em 2,6 segundos. Sem a capota, o conversível é recordista mundial da categoria em velocidade máxima : 408 km/h.
A carroceria é feita em alumínio polido e carbono, com a assinatura do fundador na tampa do combustível. Outra novidade é o interior com dois tipos de couro. Enquanto os bancos são revestidos com o tradicional couro de cor "natural", pontos de maior contato com as mãos, como volante, manopla de câmbio e maçaneta ganharam um couro especial que leva seis meses para ser processado.
O luxo do Bugatti “Ettore” é inspirado no Type 41 Royale, protótipo construído em 1926 pelo fundador da marca. O modelo foi criado por Ettore para ser o carro de reis e chefes de Estado, mas a crise econômica de 1929 atrapalhou as vendas – apenas seis unidades foram feitas.
Todos os seis modelos da série “Lendas da Bugatti” serão apresentados pela primeira vez juntos no próximo dia 15, na Califórnia (EUA). Os outros homenageados com séries limitadas foram o Type 18 "Black Bess", Rembrandt Bugatti, Meo Costantini, Jean Bugatti e Jean-Pierre Wimille.

Postagens Relacionadas
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »